100 mil gaúchos já têm a Carteira Nacional de Habilitação no celular

Desde que foi disponibilizada no Rio Grande do Sul, em 22 de dezembro de 2017, a CNH Digital já foi baixada por 101.269 gaúchos. O Estado é o segundo da federação com o maior número de documentos digitais, ficando atrás apenas de São Paulo, que emitiu 105.391 CNH-e no período. Em todo o País, são 578.098 motoristas que já utilizam a Carteira Nacional de Habilitação no celular.

CNH-e

A CNH-e é uma versão eletrônica da carteira de motorista. O documento digital tem o mesmo valor jurídico do documento impresso, podendo o condutor optar por utilizá-lo ou não.

Para utilizar a CNH-e, o condutor deve ter um documento no novo modelo, que contém o QR Code (código escaneável em aparelhos eletrônicos) na parte interna. Todos que tiveram a CNH emitida após 2 de maio já possuem esse modelo. Se o condutor ainda possui o documento antigo, sem o QR Code, pode esperar a próxima renovação ou pedir uma segunda via do documento em qualquer Centro de Formação de Condutores.

Antes de baixar o app no Google Play Store ou na App Store, o condutor deve ter um número de celular e um endereço de e-mail cadastrados na base do Denatran. Para isso, as opções são duas: dirigir-se a qualquer CFC, informar os dados – caso não estejam atualizados – e então realizar um cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Outra possibilidade, ainda, para quem possui certificação digital é comunicar todos os dados diretamente no Portal do Denatran.

Alerta

O DetranRS, no entanto, faz um alerta para aqueles que optarem por utilizar o documento digital. Embora a CNH-e seja acessível offline, sem necessidade de conexão wi-fi ou dados móveis habilitados, é preciso estar atento para a bateria e o correto funcionamento do aparelho. Para efeitos de fiscalização, se o equipamento estiver descarregado ou não estiver funcionando, será considerado que o condutor não está portando o documento. Ele será autuado com base no artigo 232 (conduzir veículo sem os documentos de porte obrigatório), uma infração leve que prevê multa de R$ 88,38, três pontos na CNH e retenção do veículo até a apresentação do documento.

DetranRS lança site com ênfase em serviços e consultas

Segundo site mais consultado do Governo do Estado, com dois milhões de acessos ao mês, o www.detran.rs.gov.br está totalmente reformulado. De navegação facilitada, o novo site prioriza as seções mais acessadas, reduz o número de cliques necessários para se chegar às informações e adota uma linguagem mais didática.

Noventa e oito por cento do total de acessos do site do DetranRS vêm de usuários que buscam informações e serviços referentes a seu veículo, a sua carteira de habilitação ou a suas infrações. Para facilitar a navegação desses usuários – e desafogar outros canais de comunicação do órgão – o novo site confere maior destaque a consultas e serviços.

“A ideia é entregar ao cidadão a informação desejada exigindo menos cliques, de forma mais ágil. Para isso, foi adotada uma distribuição intuitiva e simplificada das informações, o que se reflete em um layout minimalista e moderno. Outra característica marcante da nova página é a responsividade, ou seja, o ajuste pleno a quaisquer dispositivos, especialmente aos smartphones, que já são o meio majoritário de ingresso ao portal”, explica o coordenador de Comunicação Social do DetranRS, Eduardo Manica.

O novo site não se destaca apenas pela melhor navegabilidade, mas também pelo didatismo na prestação de informações. A série de tutoriais “Detran Explica”, em formato de animação, vem para ilustrar de forma leve os principais procedimentos que suscitam dúvidas no público em geral. Quatro vídeos da série são acessíveis pela capa do site, e o repositório completo, formado por 15 vídeos, pode ser acessado em youtube.com/detranrsoficial.

Outra novidade será a disponibilização, em breve, de um chat de atendimento, que contará com uma assistente virtual que se utiliza de inteligência artificial para ajudar o cidadão na busca por informações. A ferramenta irá ao ao ar em fase de testes e será alimentada de acordo com o perfil das dúvidas dos usuários, e também permitirá, em horário comercial, conversar em tempo real com um atendente da equipe de Ouvidoria do DetranRS.

Para o diretor-geral do DetranRS, Paulo Roberto Kopschina, o novo site “quebra paradigmas, ao voltar-se completamente à oferta de serviços e consultas, destacando-as de maneira organizada e hierarquizada, empoderando o cidadão na busca pelas informações de que efetivamente precisa quando decide ingressar na página”. O site foi desenvolvido pela Procergs, com gerenciamento da Assessoria de Comunicação Social do DetranRS.

Comentários