A Brigada Militar deve reduzir em torno de 40% o reforço do efetivo nas praias gaúchas a partir desta segunda

A partir desta segunda-feira (19), a Brigada Militar deve reduzir em torno de 40% o reforço do efetivo nas praias gaúchas. O número de policiais que concluirão seus trabalhos na Operação Golfinho não é divulgado, mas a corporação garante que haverá segurança para quem ainda quer aproveitar o veraneio.

A redução, porém, não vai atingir o efetivo de guarda-vidas nas guaritas. Esse serviço segue mantido na integralidade até o final da operação verão.

A Operação Golfinho começou em 16 de dezembro de 2017 e segue até 5 de março, quando os demais policiais que reforçam o efetivo do Litoral voltam para as suas cidades.

 

Comentários