A passagem do trensurb aumentará para 3 reais e 30 centavos, quase o dobro do valor atual, a partir de sábado

O governo federal autorizou a Trensurb a reajustar o valor da passagem unitária do metrô operado pela empresa para R$ 3,30. A nova tarifa passará a vigorar a partir de sábado (3). Segundo a empresa, o valor da passagem está congelado em R$ 1,70 desde o dia 5 de janeiro de 2008.

A Trensurb informou que, nos últimos anos, as despesas da empresa cresceram em razão da expansão do sistema até Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, agregando cinco novas estações e 9,3 quilômetros de linha. Segundo a empresa, a tarifa manteve-se defasada nesse período. “Ao mesmo tempo, a Trensurb viu todos os seus custos de operação e manutenção crescerem, particularmente os gastos com a energia elétrica de tração dos trens, que aumentaram mais de 100% de 2007 a 2017”, afirmou a companhia.

“Mesmo com todos os esforços para realizar cortes de despesas, incluindo a terceirização de atividades de manutenção e a renegociação de contratos até as últimas possibilidades, a Trensurb chegou ao seu limite. Para que não se deixe de oferecer o melhor serviço possível aos usuários do metrô, o reajuste faz-se necessário. Desse modo, a empresa obteve autorização dos ministérios das Cidades e do Planejamento, referendada por seu Conselho de Administração, para realizar tal majoração”, prosseguiu a empresa.

A Trensurb destacou que “mesmo com o reajuste para R$ 3,30, a tarifa do metrô segue sendo a mais baixa entre os meios de transporte metropolitanos e a alternativa mais barata e eficiente para se transitar entre os seis municípios atendidos: Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo e Novo Hamburgo”.

Passageiros

Em 2017, a Trensurb transportou 55.056.632 usuários, o que equivale a uma média de 4.588.052 passageiros mensais. Em 2016, haviam sido transportadas 56.161.503 pessoas. Durante o ano passado, a média de usuários transportados por dia útil foi de 185.015.

O metrô gaúcho atingiu o seu recorde de passageiros em 2017 no dia 22 de novembro, data da primeira partida da final da Libertadores da América, entre Grêmio e Lanús, na Arena, com 216.042 embarques. O mês de agosto foi o mais movimentado nas estações, com 5.151.402 usuários transportados.

As estações que registraram, em 2017, o maior número de embarques no metrô foram Mercado (8.403.243), Canoas (5.266.949), Sapucaia (4.374.950), Rodoviária (4.221.261) e Mathias Velho (3.973.036).

Aeromóvel 

Em 2017, 940.065 passageiros usaram a linha metrô-aeroporto do aeromóvel, operada pela Trensurb em Porto Alegre. A média foi de 2.869 usuários por dia útil. No ano anterior, 1.037.066 passageiros haviam utilizado o modal.

Comentários