“A vida continua. O Brasil tem que produzir”, diz Bolsonaro após testar positivo para a Covid-19

“Você tem que botar a economia para rodar”, declarou o presidente. (Foto: Isac Nóbrega/PR)

Ao anunciar, na manhã desta terça-feira (07), que está infectado pela Covid-19, o presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a defender a retomada das atividades econômicas no País em meio à pandemia de coronavírus.

“A vida continua. O Brasil tem que produzir. Você tem que botar a economia para rodar. Alguns falavam no passado, me criticando, que economia se recupera, vida não. Olha, isso é uma verdade absoluta. A vida sei que ninguém recupera, mas a economia não funcionando leva a outras causas de óbito, de mortes, de suicídio no Brasil. Isso foi completamente esquecido”, declarou em entrevista no Palácio da Alvorada.

“Vamos tomar cuidado, em especial com os mais idosos e que têm comorbidade, os mais jovens tomem cuidado, mas se forem acometidos do vírus, fiquem tranquilos que para vocês a possibilidade de algo mais grave é próximo de zero”, disse Bolsonaro, que garantiu estar se sentindo “perfeitamente bem”.

“Pode ver, fui muito criticado pelas minhas posições no passado. O objetivo final do isolamento social não é dizer que você não vai contrair o vírus, é fazer com que esse vírus fosse diluído ao longo do tempo para evitar que houvesse acúmulo em hospitais por falta de leitos de UTIs ou de respiradores”, afirmou o chefe do Executivo.

“Todo mundo sabia que ele [o vírus] mais cedo ou mais tarde ia atingir uma parte considerável da população, como tem muita gente. Eu, por exemplo, se eu tivesse feito o exame, não saberia, né, do resultado. E ele acabou de dar positivo. Deu positivo”, prosseguiu.

Comentários