Agricultores protestam contra o valor do leite em Porto Alegre

Os manifestantes caminharam até a Assembléia Legislativa. (Foto: Galileu Oldenburg/AL-RS)

Produtores rurais protestaram contra o valor do leite na manhã desta terça-feira (15) no pátio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na Avenida Loureiro da Silva, em Porto Alegre, onde também está localizada a Superintendência Regional do Ministério da Agricultura. Não houve bloqueio do prédio para os funcionários do local.

Cerca de mil produtores de leite, associados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MTST), ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), à Federação dos Agricultores na Agricultura Familiar (Fetraf) e à Federação dos Trabalhadores na Agricultura no RS (Fetag) pedem a anulação de duas normativas do governo federal e reclamam da queda do valor pago pelo produto.

O grupo começou a chegar ao Incra por volta das 7h e trouxe duas vacas leiteiras para o protesto, assim como bandeiras, faixas e instrumentos musicais. Por volta das 9h, uma caminhada foi feita até a Assembleia Legislativa. No Teatro Dante Barone, acontece uma audiência pública para discutir os efeitos causados pelas Instruções Normativas 76 e 77 e debater o aborrecimento com o preço do leite. A normativa 76 fala das características e da qualidade do produto na indústria. Já a 77 determina critérios para obtenção de leite de qualidade e seguro ao consumidor.

Comentários