Aos 81 anos, morre ex-presidente argentino Fernando de la Rúa

O ex-presidente argentino Fernando de la Rúa, de 81 anos, morreu nesta terça-feira (9), em um hospital na cidade de Escobar, província de Buenos Aires. Ontem (8) ele havia sido hospitalizado em estado grave com problemas cardíaco e renal.

Filiado à União Cívica Radical (UCR), De la Rúa foi deputado, senador e prefeito de Buenos Aires. O ponto mais alto da trajetória na vida pública aconteceu em 1999, quando foi eleito presidente do país. No entanto, no fim de 2001, tendo que lidar com uma das maiores crises da história do país, De la Rúa decidiu renunciar ao cargo. “Lamentamos a morte do ex-presidente Fernando de la Rúa. Sua trajetória democrática merece o reconhecimento de todos os argentinos”, declarou o atual presidente argentino, Maurício Macri

Comentários