Após ameaça de Bolsonaro a jornalista, presidente da Câmara dos Deputados diz que a “liberdade de imprensa é valor inegociável”

Maia (foto) disse ainda que “espera que o presidente retome o tom mais moderado dos últimos 66 dias”. (Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse neste domingo (23) que “a liberdade de imprensa é um valor inegociável na democracia”. A declaração foi dada ao jornal O Globo após o presidente Jair Bolsonaro dizer a um repórter do jornal que estava com vontade de “encher” a boca dele “na porrada”. Maia disse ainda que “espera que o presidente retome o tom mais moderado dos últimos 66 dias”.

Bolsonaro deu a declaração após ter sido questionado por um repórter do jornal O Globo sobre cheques de Fabrício Queiroz para a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Um repórter perguntou, em seguida, sobre movimentações nas contas da empresa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente.

Ao ser questionado, Bolsonaro disse, primeiro, que não responderia às perguntas. Depois, ao ser questionado novamente sobre os cheques para Michelle, Bolsonaro se dirigiu aos jornalistas e disse: “Eu vou encher a boca desse cara na porrada”. Na sequência, o presidente emendou: “Minha vontade é encher tua boca na porrada, tá?”.

Comentários