Após mais de 30 quilômetros de perseguição, contrabandista de aves é preso em Guaíba

O criminoso arremessou as aves para fora do carro durante a fuga em alta velocidade. (Foto: PRF/Divulgação)

Na noite desta quinta-feira (25), na BR-116, em Guaíba, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) prendeu um contrabandista de aves após perseguição por mais de 30 quilômetros.

Em ação de combate à criminalidade, os policiais deram ordem de parada ao motorista de um Onix, com placas de Florianópolis, ainda no município da Barra do Ribeiro.

O condutor não obedeceu e fugiu, sendo interceptado após mais de 30 quilômetros de acompanhamento tático. Outras equipes da PRF foram acionadas e formaram uma barreira no viaduto que dá acesso ao município de Guaíba. O contrabandista ainda tentou desviar a barreira entrando na área urbana do município, mas acabou cercado e preso.

Durante a perseguição, os policiais flagraram o criminoso, 36 anos, de Florianópolis, arremessando os animais pela janela do carro. Ele já havia sido pego outras duas vezes pelo mesmo crime.

O homem, que estava usando o carro da mãe para contrabandear os animais, falou que comprou 32 cardeais em Camaquã/RS e iria revendê-los em Florianópolis/SC. Dos 32 pássaros que ele alegou ter comprado, apenas 9 foram encontrados pelos policiais. Os animais estavam em uma caixa, amontoados e sem ventilação adequada.

O contrabandista foi preso e apresentado à polícia judiciária local. Já os pássaros foram encaminhados ao órgão ambiental competente.

Comentários