AstraZeneca deve entregar 40 milhões de doses de vacina à União Europeia no primeiro trimestre

A farmacêutica havia sido criticada pela UE por atrasos nos prazos iniciais de entrega das doses. (Foto: Reprodução)

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou no domingo (31) que a AstraZeneca deve entregar 40 milhões de doses da sua vacina contra a Covid-19 à UE (União Europeia) no primeiro trimestre deste ano. O total conta com 9 milhões de doses adicionais, 30% a mais do que o esperado.

Von der Leyen afirmou que a entrega “começará uma semana antes do previsto” e que a empresa “também expandirá a sua capacidade de fabricação na Europa”. A farmacêutica havia sido criticada pela UE por atrasos nos prazos iniciais de entrega das doses.

A AstraZeneca, cujo imunizante foi autorizado pela UE na sexta-feira (29), havia anunciado que entregaria ao bloco 75% menos doses do que o inicialmente pedido para o primeiro trimestre. A empresa alegou uma “queda no desempenho” em uma fábrica europeia para justificar os atrasos.

A Comissão Europeia considerou a explicação “insatisfatória” e solicitou uma inspeção realizada na quinta-feira (28) na fábrica em questão, localizada na Bélgica e administrada por um subcontratante do grupo.

Comentários