Aulas na rede pública retornarão em junho no RS. Nas escolas privadas, as atividades podem ser retomadas em maio

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou em transmissão pela internet, na tarde desta quinta-feira (30), que as aulas na rede pública de ensino serão retomadas apenas em junho e prosseguirão até janeiro. As atividades escolares estão suspensas devido ao coronavírus.

“Nós definimos que a educação pública voltará apenas em junho. Nós vamos fazer a antecipação do recesso de julho para o mês de maio. Serão 15 dias de suspensão das aulas para retomada posterior das atividades e, em junho, então, retornam as aulas, que vão até o mês de janeiro”, disse Leite.

Já as atividades nas escolas privadas de todo o Rio Grande do Sul podem retornar já no mês de maio, conforme as regras do novo decreto de distanciamento social controlado que entrará em vigor no Estado na semana que vem.

Atividades econômicas

Durante a live desta quinta-feira, o governo gaúcho apresenta o plano para liberação gradual das atividades econômicas. O distanciamento controlado prevê a definição de bandeiras de quatro cores – amarelo, laranja, vermelho e preto –, que serão os indicatores para o nível de restrições em cada região do Estado.

“Nós já partimos de um estágio de atenção. Nenhuma região do Estado está livre com tudo funcionando normalmente, por isso não há bandeira verde neste momento”, declarou o governador.

Comentários