Aves silvestres vendidas em redes sociais são apreendidas em Porto Alegre

A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quarta-feira (06), cinco aves silvestres em uma residência no bairro Restinga, na Zona Sul Porto Alegre. A Operação Voo Livre foi realizada pela Delegacia do Meio Ambiente.

Segundo a delegada Marina Goltz, um mandado de busca e apreensão foi cumprido no local devido a uma investigação sobre a venda ilegal de aves silvestres por meio de redes sociais.

“Foram apreendidos um canário da terra, um pintagol, um coleiro, uma caturrita e um ring neck azul. Este último trata-se de uma ave exótica, que precisa de autorização dos órgãos ambientais para criação. A ação faz parte da Operação Voo Livre, que busca coibir crimes contra aves silvestre”, relatou a delegada.

As aves foram encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama. O proprietário da residência onde foram encontradas as aves responderá por crime ambiental.

Comentários