Avião líbio com mais de cem pessoas a bordo é sequestrado e desviado para Malta

Um avião com 111 passageiros e sete tripulantes que fazia um voo doméstico na Líbia foi sequestrado e forçado a pousar em Malta, nesta sexta-feira (23). Cerca de duas horas depois do pouso, os passageiros começam a desembarcar da aeronave, informou o primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat.

Os sequestradores estariam portando granadas e seriam pró-Muammar Gaddafi, ex-ditador líbio morto por rebeldes. O motivo do sequestro não havia sido revelado até o fim desta manhã. O voo da Afriqiyah Airways ia de Sebha, no Sudoeste da Líbia, para Trípoli. Malta, uma pequena ilha, fica a cerca de 500 quilômetros da costa da Líbia.

Comentários