Bairro Anchieta, em Porto Alegre, recebe nova ciclovia e mais segurança na circulação

Entrega resulta em 9.260 metros de infraestrutura cicloviária implantados somente em 2020. (Foto: Anselmo Cunha/PMPA)

A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) informa a finalização de mais um trecho de infraestrutura cicloviária para os usuários da mobilidade ativa em Porto Alegre.

O percurso de 2.460 metros, na avenida Fernando Ferrari, bairro Anchieta, foi demarcado a partir da avenida dos Estados com uma ciclovia unidirecional em cada lado da via, nos dois sentidos, até a rua Vítor Valpírio, seguida por um trecho bidirecional até a rua Fecomércio. A entrega, que resulta em 9.260 metros de infraestrutura cicloviária implantados somente em 2020, totaliza 58,8 quilômetros implementados na Capital.

“Este investimento vai ao encontro de uma tendência mundial de incentivo à mobilidade ativa como uma das principais estratégias do urbanismo para oferecer um distanciamento físico seguro e a prática de atividade física durante a pandemia”, destaca o diretor técnico da EPTC, Marcelo Hansen. Os 14,9 km realizados na atual gestão representam uma ampliação de 33% no espaço reservado para quem utiliza a bicicleta para se locomover ou se exercitar.

A região, com grande volume de tráfego de veículos pesados para o atendimento da Ceasa, também recebeu investimentos para uma melhor circulação de veículos e atenção especial aos usuários do transporte público. Além de novos pontos de parada de ônibus, o projeto contempla a instalação de nova rede de comunicação semafórica dedicada aos seis cruzamentos do trecho, com início de operação nesta terça-feira (22).

Para garantir mais segurança a todos os usuários, houve a inclusão de acessibilidade nas esquinas e nos pontos de parada. A sinalização viária foi redesenhada e as travessias de pedestres revitalizadas, a fim de reduzir a acidentalidade na região.

A implantação é uma contrapartida da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul, como obrigação legal pela expansão do complexo da entidade como polo gerador de tráfego, na mesma região.

A iniciativa integra as ações do MobiliPOA, programa de mobilidade que organiza e disciplina os diferentes modais de transporte e circulação da Capital.

Trechos de ciclovia implantados em 2020:

  • 2460m – avenida Fernando Ferrari
  • 1400m – avenida Plínio Brasil Milano/24 de Outubro
  • 1000 – rua Siqueira Campos
  • 700m – avenida Mauá
  • 200m – avenida Getúlio Vargas
  • 1700m – avenida Ipiranga (avenida Salvador França até avenida Cel. Lucas de Oliveira)
  • 1300m – avenida Aureliano de Figueiredo Pinto
  • 500m – rua Eng. Luiz Englert e avenida Paulo Gama

Total = 9.260 metros

Comentários