Banco do Brasil anuncia programas de demissão voluntária para 5 mil funcionários e fechamento de agências

Em setembro de 2020, de acordo com o último balanço, o banco tinha 92,1 mil funcionários. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O BB (Banco do Brasil) anunciou nesta segunda-feira (11) a abertura de dois PDVs (Programas de Demissão Voluntária) com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários.

Foi anunciado ainda o fechamento de 361 unidades do banco – 112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento – em todo o País no primeiro semestre deste ano.

As modalidades de desligamento voluntário oferecidas aos funcionários são as seguintes:

  • PAQ (Programa de Adequação de Quadros): a fim de otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando as situações de vagas e excessos nas unidades do banco. Além da opção de desligamento, o PAQ incentiva movimentações laterais para unidades onde existam vagas.
  • PDE (Programa de Desligamento Extraordinário): disponível a todos os funcionários do BB que atenderem aos pré-requisitos. É específico para o incentivo ao desligamento, com limite de 5 mil adesões.

Os programas de demissão possuem regulamentos específicos que estabelecem as regras para adesão, que não foram especificados no fato relevante anunciado aos investidores. O número final de adesões, assim como o impacto financeiro, serão informados ao mercado após o encerramento dos períodos de adesão, que ocorrerá até 5 de fevereiro, informou o banco.

Em ambos os programas, a adesão é voluntária e de caráter pessoal. Os incentivos variam de acordo com as condições estabelecidas por cada programa e pelas condições de cada funcionário.

Em julho de 2019, o BB anunciou um plano de desligamento incentivado para promover adequação nos quadros de funcionários, além de regularizar vagas e excessos em dependências e praças, otimizando a distribuição da força de trabalho nas unidades. Aderiram ao PDV 2,36 mil funcionários.

Em setembro de 2020, de acordo com o último balanço de resultados, a instituição financeira tinha 92,1 mil funcionários, queda de 1,9% em relação a setembro de 2019.

Fechamento de agências

O Banco do Brasil informou que a reorganização da rede de atendimento, incluindo o fechamento de unidades, deve trazer uma economia líquida anual estimada com despesas administrativas de R$ 353 milhões em 2021 e R$ 2,7 bilhões até 2025.

O objetivo do fechamento, segundo o banco, é trazer mais eficiência à rede de atendimento, propiciar recursos para abertura de unidades de atendimento especializado e melhorar as experiências dos clientes. Mais informações sobre as medidas podem ser obtidas aqui.

Comentários