Bolsonaro critica “histeria” causada pelo coronavírus no Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou o que definiu como “histeria” causada pelo coronavírus no Brasil. “Tivemos vírus muito mais graves que não provocaram essa histeria. Certamente, tem um interesse econômico nisso. Em 2009, teve um vírus também e não chegou nem perto disso. Mas era o PT no governo aqui e os democratas nos Estados Unidos”, disse em entrevista à CNN Brasil na noite de domingo (15).

Antes, o chefe do Executivo cumprimentou apoiadores e tirou selfies durante manifestações em Brasília, o que provocou críticas de parlamentares e contrariou as recomendações da sua equipe médica.

“Gostaria que eles saíssem às ruas como eu”, afirmou Bolsonaro, referindo-se aos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. “Saiam às ruas e vejam como vocês são recebidos. O acordo não tem que ser entre nós no ar refrigerado. Tem que ser entre nós e o povo”, completou.

Comentários