Bolsonaro deve indicar novo Procurador-Geral da República nesta quinta




A atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge, permanece no cargo até 17 de setembro. (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

O presidente Jair Bolsonaro deve anunciar o nome indicado para assumir o comando da Procuradoria-Geral da República (PGR) até esta quinta-feira (5). “A criança deve nascer até quinta”, brincou Bolsonaro em café da manhã no Palácio da Alvorada nesta terça-feira (3).

Para definir a importância do cargo, o presidente usou o jogo de xadrez como metáfora, afirmando que a rainha corresponderia à PGR, enquanto o rei seria o presidente da República. Ainda de acordo com Bolsonaro, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, seria a Torre, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, o cavalo.

No dia 17 de setembro o mandato da atual chefe da PGR, Raquel Dodge, chega ao fim, e o presidente já havia declarado que não se comprometia a escolher um dos nomes da lista tríplice. Apesar de Bolsonaro tratar a PGR como parte do governo, o Ministério Público é independente. O procurador que for indicado por Bolsonaro será sabatinado e votado pelo Senado.

Comentários