Bolsonaro diz que apoiar movimento ‘Lula Lvre’ é uma afronta à democracia brasileira


O presidente criticou o resultado das eleições na Argentina. (Foto: Clauber Cleber Caetano/PR)

Em visita oficial ao Catar nesta segunda-feira (28), o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre as manifestações de Alberto Fernández após vencer as eleições para a presidência da Argentina. O presidente eleito, que tem como vice Cristina Kirchner, apoiou a liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde abril do ano passado.

“É uma afronta à democracia brasileira e ao sistema judiciário brasileiro. Ele está afrontando o Brasil de graça”, afirmou Bolsonaro. O chefe do Executivo disse que foi informado que “muita gente do PT estaria lá na Argentina para comemorar a vitória dele [Fernández]”.

Bolsonaro disse que irá aguardar os próximos passos do novo governo argentino para então, se necessário, “tomar alguma decisão em defesa do Brasil”. Sobre a questão do Mercosul, o brasileiro declarou estar preocupado e receoso: “A Argentina, em grande parte, faz comércio graças ao Brasil. Nós não queremos romper nada”.

Alberto Fernández faz gesto de “Lula livre” com correligionários. (Foto: Reprodução/Twitter)

Comentários