Bolsonaro lamenta eleição Argentina e diz que não vai parabenizar Fernández


“Lamento. Não tenho bola de cristal, mas acho que a Argentina escolheu mal”, disse Bolsonaro. (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (28), que lamenta o resultado das eleições na Argentina, realizadas no domingo (27). O peronista Alberto Fernández derrotou o atual presidente, Mauricio Macri, no primeiro turno.

A chapa vencedora tem como vice a ex-presidente e senadora Cristina Kirchner. “Não pretendo parabenizá-lo. Agora, não vamos nos indispor. Vamos esperar o tempo para ver qual a posição real dele na política. Porque ele vai assumir, vai tomar pé do que está acontecendo, e vamos ver qual linha que ele vai adotar”, declarou Bolsonaro.

“Lamento. Não tenho bola de cristal, mas acho que a Argentina escolheu mal. O primeiro ato do Fernández foi já Lula livre, dizendo que ele está preso injustamente. Já disse a que veio”, prosseguiu o brasileiro, que está em viagem pelo Oriente Médio.

Sobre o Mercosul, ele disse que “por enquanto continua tudo bem”. Em julho, Fernández havia dito que reveria o acordo entre o bloco e a União Europeia, caso o pacto representasse desindustrialização para o país.

“Vamos esperar agora que banho de realidade ele vai ter”, afirmou Bolsonaro, dizendo que empresas já estão retirando investimentos do país vizinho.

Comentários