Bolsonaro quer retorno da Fórmula 1 ao Rio de Janeiro


Presidente afirma que há 99% de chances da Fórmula 1 retornar ao Rio de Janeiro  (Foto: Reprodução)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, se reuniu nesta segunda-feira (24) com o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e com o executivo da Fórmula 1, Chase Carey, no Palácio do Planalto. O objetivo do encontro foi garantir que a competição volte a ocorrer no Rio de Janeiro. Em pronunciamento após a reunião, Bolsonaro afirmou ter “99% de chance” da Fórmula 1 ser sediada em solo carioca, a partir de 2021.

Bolsonaro reiterou que o evento não está sendo retirado de São Paulo, mas que os esforços são para que a competição permaneça no país. De acordo com o presidente, o contrato com São Paulo vence no próximo ano e, por esse motivo, o governo decidiu retornar a competição para o Rio de Janeiro, que realizou a última Fórmula 1 no ano de 1989. “Seria isso ou seria a saída do Brasil”, afirmou Bolsonaro.

Entretanto, o governo paulista tem interesse em renovar o contrato. Desde 1990 que a prova do Grande Prêmio do Brasil é realizada no autódromo de Interlagos, um dos cinco melhores do mundo. No começo deste ano, um termo de cooperação foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, o governador Wilson Witzel e o prefeito Marcelo Crivella para a realização do evento no Rio de Janeiro. O documento provocou uma reação do governador de São Paulo, João Doria, que afirmou que não pretende abrir mão da realização da prova no estado.

Comentários