Brasil tem 160,2 mil mortes por coronavírus, com a menor média móvel em quase seis meses

País tem 160.272 óbitos registrados e 5.553.439 diagnósticos de Covid-19, segundo levantamento junto às secretarias estaduais de Saúde. (Foto: Reprodução)

O Brasil tem 160.272 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta terça-feira (03), segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Desde o balanço das 20h de segunda-feira (02), somente Goiás atualizou seus dados. Não houve atualização do número de mortes.

Na segunda-feira, às 20h, o balanço indicou: 160.272 mortes confirmadas desde o início da pandemia, 168 em 24 horas. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 403, a menor desde 4 de maio (quando estava em 396). A variação foi de -26% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando queda nas mortes por Covid-19.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 5.553.378 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 8.563 desses confirmados no último dia. A média móvel de novos casos nos últimos 7 dias foi de 20.261 por dia, uma variação de -11% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que caracteriza uma situação de estabilidade.

Um Estado apresenta indicativo de alta de mortes: Santa Catarina. Outros 15 estados e o DF têm curvas que apontam queda. Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais.

No AC, por exemplo, a média estava em 1 permaneceu em 1 no período de duas semanas, resultando em uma variação de +40%. Foi similar ao que ocorreu no AP, onde a média se manteve em 1, e a variação ficou em +60%. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Comentários