Canais digitais recebem solicitação de vacina para idosos acamados em Porto Alegre

As ferramentas são uma alternativa mais rápida do que o telefone 156. (Foto: Giulian Serafim/PMPA)

A prefeitura de Porto Alegre reforça à população a facilidade dos canais digitais de atendimento para a solicitação da vacina contra a Covid-19 em domicílio para idosos acamados: o 156Web-Conecta Cidadão, com acesso pela Central do Cidadão, no site do Executivo, e o aplicativo #EuFaçoPOA, para celulares e tablets.

As ferramentas são uma alternativa mais rápida do que o telefone 156 e agora contam com um espaço exclusivo para registrar e encaminhar a demanda, facilitando a visualização. Não há filas, o número do protocolo é expedido na hora e o acompanhamento é feito on-line, no próprio 156Web, que oferece ainda o serviço de chat para dúvidas, e no App #EuFaçoPOA.

No momento, a vacina pode ser solicitada em domicílio para idosos acima de 60 anos que estejam acamados, com dificuldade de locomoção por deficiência ou imunossuprimidos e para os idosos residentes em instituições. As pessoas que não se encaixam nesses critérios devem aguardar a divulgação das próximas etapas da vacinação. Os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde.

Importante destacar que a solicitação deve ser feita apenas uma vez e utilizando somente um canal de atendimento, sob risco de não ser efetivada. Isto é, uma vez emitido o número de protocolo, não há necessidade de repetir a solicitação em outro canal.

É preciso informar nome completo, data de nascimento, número do CPF, endereço e telefone para contato. O próximo passo é aguardar o contato dos agentes da Secretaria Municipal da Saúde, que farão o agendamento para a aplicação da dose.

Comentários