China diz que declarações de Eduardo Bolsonaro são “absurdas e preconceituosas”

A embaixada da China no Brasil voltou a criticar na quinta-feira (19) o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e disse que “quem insiste em atacar e humilhar o povo chinês acaba dando um tiro no seu próprio pé”.

“São absurdas e preconceituosas as suas palavras, além de serem irresponsáveis. Não vale a pena refutá-las. Aconselhamos que busque informações científicas e confiáveis nas fontes sérias como a OMS, úteis para ampliar a sua visão”, escreveu no Twitter a missão diplomática.

“Os seus argumentos mostram que você não está arrependido pela sua atitude, tampouco ciente dos seus erros. Ao continuar a optar por ficar no lado oposto ao povo chinês, está indo cada vez mais longe no caminho errado”, acrescentou a embaixada.

O filho do presidente Jair Bolsonaro disse na quarta (18) que a “culpa” pela crise do coronavírus é da China. “Quem assistiu Chernobyl vai entender o q ocorreu. Substitua a usina nuclear pelo coronavírus e a ditadura soviética pela chinesa. […] +1 vez uma ditadura preferiu esconder algo grave a expor tendo desgaste, mas q salvaria inúmeras vidas. […] A culpa é da China e liberdade seria a solução”, publicou Eduardo em uma rede social.

Comentários