Sexta-feira, 17 de Setembro de 2021

Porto Alegre
23°
Cloudy

Home coronavírus Cidades gaúchas recebem nesta quarta-feira um novo lote com 390 mil doses de vacinas contra covid

Compartilhe esta notícia:

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou para esta quarta-feira (15) a distribuição de mais 390 mil vacinas contra o coronavírus às 497 cidades gaúchas, por meio das 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS). São 296 mil unidades do imunizante da Pfizer para primeira injeção em adolescentes de 17 anos, bem como para terceira dose em indivíduos a partir de 70 anos ou com baixa imunidade.

Também são abrangidos pela nova remessa os municípios que ainda não atingiram a totalidade dos adultos em geral (a partir de 18 anos) com a primeira aplicação. O lote inclui, ainda, cotas de Coronavac para quem precisa completar o esquema vacinal com esse fármaco. Nesse caso, são aproximadamente 94 mil unidades.

Toda a logística será realizada por via terrestre, pela manhã. As CRS de número 1 (Porto Alegre), 5 (Caxias do Sul), 10 (Alegrete) e 18 (Osório) farão a retirada de suas cargas diretamente na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.

O mesmo vale para a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da capital gaúcha. Nas demais regiões, a entrega será realizada por veículos do governo do Estado.

Adolescentes

Serão distribuídas vacinas para cerca de 50% da população de 17 anos em todo o Estado, ou seja, cerca de 76 mil doses. A a secretária-adjunta da Saúde, Ana Costa, ressalta:

“Distribuiremos doses de vacinas para uma parte dos adolescentes de 17 anos saudáveis, mas lembramos que o grupo dos idosos e dos imunossuprimidos são mais vulneráveis a complicações da doença. Não podemos abrir a campanha aos adolescentes sem focar em reforçar a imunidade desses outros dois grupos”.

Idosos

Cerca de 75 mil doses serão distribuídas para reforço da imunização de pessoas com 70 anos ou mais. Para isso, é preciso ter recebido a segunda dose há pelo menos seis meses , ou seja, até 15 de março – época em que somente a Coronavac e a vacina de Oxford já estavam sendo ministradas no Rio Grande do Sul.

Imunossuprimidos

Para indivíduos com câncer, transplantados e com outras doenças crônicas que reduzem a imunidade, a quantidade a ser distribuída será de aproximadamente 50 mil doses. Pode se apresentar para o reforço quem concluiu o esquema vacinal (segunda dose de Coronavac, Oxford e Pfizer ou aplicação única do fármaco da Janssen) 28 dias atrás, no mínimo.

Andamento da vacinação

Desde o começo da campanha no Rio Grande do Sul, em 19 de janeiro, mais de 7,8 milhões de habitantes do Estado receberam a primeira dose, o que representa 90,5% dos gaúchos com idade a partir de 18 anos (8,95 milhões) e 71,2% da população abrangida pelos 497 municípios (11,37 milhões).

O esquema completo de imunização, por sua vez, contempla até agora mais de 4,45 milhões de indivíduos – seja quem recebeu duas doses para fármacos com esse sistema ou os contemplados pela vacina da Janssen (apenas uma injeção). Isso representa 53% dos adultos e 41,8% do total.

No caso específico da Janssen, as aplicações já chegaram aos braços de 300.501 gaúchos desde o dia 26 de junho. A informação consta na base de dados da Secretaria Estadual da Saúde, atualizada diariamente por meio das redes sociais e de link específico no site estado.rs.gov.br.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Após seis dias, Brasil volta a ter média móvel acima de 500 mortes diárias por Covid
Exportação de carne bovina do Brasil cresce 83% no início do mês apesar de bloqueio para a China
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News