Ciro Gomes diz que autonomia do Banco Central “é daqueles casos de ir para a rua e quebrar tudo”

O político Ciro Gomes, ex-ministro e candidato à Presidência nas últimas eleições. (Foto: Sérgio Lima/Poder360)

Em evento na sede do PDT, em Brasília, nesta quinta-feira, 11, o ex-ministro da Fazenda Ciro Gomes criticou a intenção de Jair Bolsonaro de tornar independente o Banco Central.“Isso acontecendo, é daqueles casos de ir para a rua e quebrar tudo. Afirmo com toda serenidade”, declarou o político. Ele destacou que se posiciona antes mesmo de ler o projeto de lei, porque sabe das intenções propostas no texto. “Eu não conheço o projeto, vou lê-lo, mas conheço a intenção”, disse Ciro.

Na ocasião, o pedetista avaliou negativamente o governo de Bolsonaro, mas afirmou ser contra a retirada dele do poder. “Remédio para governo ruim, e eu considero o governo de Bolsonaro mais do que ruim, não é impeachment. Remédio para governo ruim é pressão”, assinalou Ciro Gomes.

O projeto de lei, que será enviado ao Congresso, foi assinado ainda nesta quinta, conforme noticiamos aqui.

O político também se manifestou sobre outra medida do governo federal: o ensino domiciliar. “É uma aberração muito coerente com esse esforço medieval que infelizmente está predominando em áreas críticas do Brasil, especialmente na educação”, afirmou. Entenda a proposta aqui.

Comentários