Colégio Militar de Porto Alegre anuncia que retomará as aulas presenciais na segunda-feira

O Colégio Militar de Porto Alegre, localizado na avenida José Bonifácio, 363, informou que retomará as aulas presenciais na segunda-feira (21). As atividades na instituição foram suspensas em 11 de março devido à pandemia de coronavírus.

“Todos os colégios do nosso sistema estão muito bem preparados para atender às necessidades de proteção dos seus integrantes em relação à pandemia da Covid-19 e em condições de cumprir as regras sanitárias impostas. O retorno às atividades presenciais ocorrerá de forma gradual, iniciando com os alunos do Ensino Médio”, afirma o Colégio Militar em nota divulgada no seu site.

“Na entrada dos Colégios Militares, há postos de triagem, onde estão disponibilizados álcool em gel e/ou borrifador de álcool líquido, para higienização das mãos e de objetos; há, também, equipamentos para a aferição de temperatura. As salas de aula foram adequadas para atender às normas de sanitização, e os alunos estão sendo conscientizados para o cumprimento dos procedimentos de higienização e afastamento, como já ocorre nos Colégios Militares de Manaus, Belém e Rio de Janeiro. As instalações estão desinfectadas e são organizadas de forma que mantenham a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas. As portas e janelas das salas de aula permanecerão abertas durante o seu uso, possibilitando a ventilação e a circulação de ar”, diz o texto.

“Considerando todas essas situações e pelo seu enquadramento como estabelecimentos de ensino oficial de natureza ‘sui generis’, entende-se que os Colégios Militares reúnem excelentes condições para o retorno de seus alunos às atividades presenciais, o que ocorrerá a partir do próximo dia 21 de setembro”, finaliza a instituição de ensino, onde as aulas estão ocorrendo, desde março, de forma remota.

Segundo a prefeitura de Porto Alegre, a retomada das aulas presenciais no Colégio Militar não tem base legal. As atividades nas salas de aula das redes de ensino pública e privada continuam suspensas na Capital em razão do coronavírus.

O governo do Estado proíbe que as aulas sejam retomadas em regiões classificadas em bandeira vermelha no modelo de Distanciamento Controlado, como é o caso de Porto Alegre.

Comentários