Colégio Militar de Porto Alegre retoma atividades presenciais de parte do Ensino Médio

Estudantes das turmas de terceiro ano do Ensino Médio do Colégio Militar de Porto Alegre voltaram às atividades presenciais nesta segunda-feira (28), entre incertezas sobre o modelo que será aplicado. São 931 matriculados na escola, dos quais 150 no terceiro ano do Ensino Médio, o único que retornou nesta segunda-feira.

Jovens e adolescentes começaram a chegar ao prédio histórico às 7h, uma hora antes do inicio das atividades. Na entrada central, uma fita separa os militares dos aspirantes.

No piso, marcas foram pintadas, e ordens a todo momento exigiam distanciamento. Logo após o portão, dois profissionais paramentados aferem a temperatura. Um tapete no chão higieniza os calçados, e há ainda álcool gel aplicado sobre a palma das mãos.

Na porta da esquina com a Rua Santana, um banner foi pendurado, com orientações sobre o correto uso da máscara. Uma das professoras recebeu os alunos. Os alunos foram ainda convidados para realizar testes para a Covid-19, exame não obrigatório.

Haverá, até sexta-feira (02), um escalonamento de turmas recebidas no colégio. As aulas permanecerão no ambiente virtual de maneira remota. De acordo com a prefeitura, a instituição “servirá para aplicação dos protocolos” de segurança no combate ao coronavírus. Na última sexta-feira (25), o governo do Estado afirmou que iria notificar a escola, para que informe detalhes da retomada.

O Estado proíbe que atividades presenciais em escolas sejam retomadas em regiões classificadas em bandeira vermelha no modelo de distanciamento controlado, que é o caso da Capital. Segundo protocolo do governo do RS, para que as escolas retornem às atividades, a região precisa estar há pelo menos duas semanas na bandeira laranja.

Comentários