Confira as minutas dos projetos do Executivo para o funcionalismo

Eduardo Leite divulgou a cartilha de 116 páginas com a minuta dos projetos que quer encaminhar à Assembleia Legislativa. (Foto: Palácio Piratini/ Divulgação)

O governo do Rio Grande do Sul publicou, na manhã desta terça-feira (15), a cartilha de 116 páginas com a minuta dos projetos que o governo quer encaminhar à Assembleia Legislativa. As propostas modificam as carreiras das categorias e a previdência do funcionalismo.

Após o encontro com o governador Eduardo Leite, o presidente da Assembleia Legislativa, Luis Augusto Lara, disse que a gestão estadual apresenta uma espécie de “contrapeso” às mudanças orçamentárias e de vencimentos dos servidores, especialmente em relação à segurança pública. “Ainda não temos o envio do projeto. Temos as premissas. Elas dão conta de uma economia de R$ 25 bilhões em dez anos. Mas realmente elas são impactantes, principalmente no que diz respeito aos servidores da segurança pública”, destacou.

No entanto, algumas mensagens foram trocadas em grupos relacionados à segurança, apontando a rejeição por parte dos servidores ao projeto que Leite quer apresentar à AL-RS. O presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM (ASSTBM), Aparício Santellano, declarou que “muitos servidores estão indignados, não tem como controlar as reações. Mas esse movimento é o mais grave na comparação com outros governos”, disse, ao comparar a situação com protestos no governos de Yeda Crusius e José Ivo Sartori.

O documento traz as legislações que serão modificadas, assim como quais os pontos alterados. Clique aqui para conferir o documento completo.

Comentários