Construção de aeroporto na Serra Gaúcha será discutida em Brasília


Eduardo Leite recebeu uma comitiva de Caxias do Sul
Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Para dar continuidade às tratativas referentes à construção do novo aeroporto de Caxias do Sul, em Vila Oliva, na Serra Gaúcha, o governador Eduardo Leite recebeu, na manhã desta quinta-feira (23), no Palácio Piratini, uma comitiva do município.

Para discutir mais detalhes do projeto, uma reunião será realizada em Brasília, em data a ser definida, com a participação dos três interessados – município, Estado e governo federal.

O prefeito Flávio Cassina, que assumiu o cargo no começo deste mês, ressaltou a importância da construção do terminal para a cidade e para o Estado. No ano passado, a Secretaria Nacional de Aviação Civil se comprometeu a liberar R$ 193 milhões para o novo aeroporto. No entanto, para que a construção possa iniciar, é preciso desapropriar a área – ação que ficaria a cargo do Estado, com investimento de cerca de R$ 20 milhões.

“O governo federal está entusiasmado com a obra e quer realizá-la. O que falta é decidirmos os detalhes. Todos compreendemos a importância da obra para o desenvolvimento do Estado e nosso papel é dar apoio para que ela possa sair do papel”, ponderou o governador.

Para ajustar questões a respeito da responsabilidade que cada um dos entes envolvidos terá na obra em questão, será marcada, pela prefeitura de Caxias, a reunião na capital federal.

O secretário de Parcerias, Bruno Vanuzzi, acredita que a reunião ocorra nas próximas três semanas. “O projeto tem dimensões regionais, e o governo federal vem aportando recursos que não são suficientes para todas as necessidades. Há pressa porque os recursos têm prazos, e a intenção do governador é participar de modo que não atrase os trabalhos”, explicou o secretário.

Comentários