Contas públicas registram déficit de R$ 18,1 bilhões em novembro

Números voltaram a ficar negativos após superávit verificado em outubro, o primeiro de 2020. (Foto: Fotos Públicas)

As contas do setor público consolidado registraram déficit primário de R$ 18,140 bilhões em novembro, informou o BC (Banco Central) nesta quarta-feira (30). Os números englobam as contas do governo federal, Estados, municípios e empresas estatais.

O superávit primário é registrado quando as receitas do governo com impostos e contribuições são maiores que as despesas. A conta não inclui, porém, os gastos com o pagamento dos juros da dívida pública. As contas voltaram para o vermelho depois de registrarem o primeiro superávit do ano em outubro, de R$ 2,953 bilhões.

As contas públicas vêm registrando rombos fiscais elevados desde abril. Isso se deve ao aumento de despesas do governo federal, estados e municípios com medidas de enfrentamento da crise provocada pela pandemia da Covid-19 e também à queda na arrecadação por conta da queda da atividade econômica e da decisão do governo de adiar o recolhimento de impostos.

Nos últimos meses, porém, indicadores apontam para uma retomada da economia, ligada ao pagamento do auxílio emergencial e à redução do distanciamento social.

Estados e municípios

No mês passado, o governo federal registrou um déficit primário de R$ 20,394 bilhões. Esse valor, porém, foi parcialmente compensado por um saldo positivo de R$ 2,340 bilhões nos estados e municípios. Já as estatais registraram um déficit de R$ 87 milhões em novembro.

Comentários