Daer implanta cercamento eletrônico nas rodovias do Litoral Norte

Sistema de monitoramento e fiscalização proporciona mais segurança aos usuários em rodovias do Litoral. (Foto: Júlio Cunha Neto/Daer)

O início da temporada de verão traz um aumento significativo no fluxo de veículos em direção ao litoral gaúcho. Como consequência, cresce também a circulação de automóveis em situação irregular. Diante disso, o Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem) providenciou a instalação de novos equipamentos de monitoramento nas rodovias da região.

São dispositivos fixos discretos, dotados da tecnologia LAP/OCR – com reconhecimento ótico de caracteres -, que permitem a leitura automática das placas através de fotos dos veículos. Eles são utilizados, sobretudo, para monitoramento das rodovias, atuando também como redutores de velocidade, uma vez que não é possível distingui-los visualmente dos pardais. Os equipamentos fazem o registro de cada veículo que passa pelo ponto monitorado, independente da velocidade empregada pelo condutor. O sistema abrangerá cinco rodovias estaduais: ERS-030 (Osório-Tramandaí), ERS-407 (BR-101 em Morro Alto-Capão da Canoa), ERS-486 (Rota do Sol), ERS-040 (Viamão-Balneário Pinhal/Cidreira) e ERS-389 (Estrada do Mar).

A finalidade é fazer um “cercamento eletrônico” nas principais rodovias de acesso ao Litoral Norte do Estado, possibilitando o monitoramento dos veículos que circulam nesses trechos. “Há, desta forma, um ganho em segurança devido à possibilidade de interceptar veículos em situação irregular, com suspeita de roubo, cassados, dentre outros casos potencialmente nocivos à rodovia e à região”, explica o secretário dos Transportes, Pedro Westphalen.

Além de serem considerados rotas importantes para quem se desloca ao Litoral, os locais de instalação foram determinados por sua acessibilidade pelos grupamentos rodoviários da Brigada Militar, permitindo uma ágil mobilização dos policiais quando necessário.

O projeto integra as ações da Operação Verão para Todos, promovida pelo governo do Estado.

Comentários

Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.