Damares anuncia auditoria em atos da Comissão de Anistia

*Por Bárbara Assmann
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, determinou auditoria na Comissão da Anistia. A divulgação da decisão foi feita em cerimônia realizada nesta quarta-feira (27). Foi instituído um novo requerimento interno para investigação de atos do colegiado considerados suspeitos. O levantamento de informações analisará os requerimentos ainda pendentes da Comissão, sendo indicados 27 conselheiros responsáveis.

Damares disse que, no momento em que Comissão de Anistia entrou no ministério, observou-se que ela fugiu da finalidade, em alguns momentos. Ela citou como exemplo o fato de que o colegiado começou a construir projetos, enquanto ainda haviam requerimentos sem apreciação. Também afirmou que as mudanças são necessárias para atingir os objetivos propostos, de forma a priorizar a correta utilização dos recursos públicos. “Queremos respostas e queremos saber se todos os que precisavam de anistia foram alcançados ou se alguém ficou para trás. Se alguém ficou, nós vamos buscar. Essa é a nossa preocupação”, observou a ministra.

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas

Comentários