Dengue no RS: 2019 é o terceiro ano com mais casos notificados na década


A maioria dos casos confirmados está na capital e nas cidades da Região Metropolitana. (Foto: Luciano Lanes/PMPA)

O Rio Grande do Sul já atingiu a marca de 1,2 mil casos confirmados de dengue. Entre janeiro e agosto deste ano, foram notificados 3.756 casos de suspeita da doença; 1.278 deles foram confirmados. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-RS), quase 30% dos casos são autóctones, ou seja, adquiridos dentro do território gaúcho. A quantidade de pessoas que contraíram a doença não atingia níveis tão altos desde 2016, considerando este mesmo período de tempo.

A maioria dos casos confirmados está na capital e nas cidades da Região Metropolitana, como Canoas e Esteio. Os municípios do norte, como Ijuí, Três Passos e Sarandi também registraram altos índice da dengue. Por ser uma doença sazonal, este não é um período de pico, que costuma atingir altos níveis em meses mais quentes, como entre novembro e maio. O ano de 2019 já é o terceiro com mais casos notificados na década.

Como prevenir a dengue?

  • Tampe os tonéis e caixas d’água;
  • Mantenha as calhas sempre limpas;
  • Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
  • Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
  • Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

Cuidados

Caso observar o aparecimento de manchas vermelhas na pele, olhos avermelhados ou febre, busque um serviço de saúde para atendimento. Não tome qualquer medicamento por conta própria. Procure orientação sobre planejamento reprodutivo e os métodos contraceptivos nas Unidades Básicas de Saúde.

Comentários