Deputada federal Carla Zambelli é diagnosticada com o coronavírus

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), uma das principais apoiadoras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi diagnosticada com o novo coronavírus na noite de terça-feira (18). “A parlamentar já está em isolamento social, não apresenta sintomas e iniciará o tratamento com hidroxicloroquina”, afirmou sua assessoria.

Eleita com 76.306 votos em 2018 na esteira do antipetismo e do bolsonarismo, Zambelli já foi considerada uma auxiliar informal do governo em momentos de crise e esteve no centro de dois eventos importantes para o Planalto: a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça e da atriz Regina Duarte da Secretaria Especial da Cultura.

Ela também causou polêmica após afirmar que a Polícia Federal deflagaria operações contra governadores. A declaração foi feita na véspera da Operação Placebo, que cumpriu mandados de prisão em São Paulo e no Rio de Janeiro, incluindo na residência oficial do governador fluminense, Wilson Witzel (PSC).

Mais recentemente, Zambelli passou a ser investigada no inquérito das fake news, que apura a disseminação de notícias falsas e ameaças a integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal). Ela também teve seu sigilo bancários quebrado como parte do inquérito do STF que apura a organização e o financiamento de atos antidemocráticos.

Comentários