Deputado Ernani Polo assume a presidência da Assembleia Legislativa gaúcha

O deputado estadual Ernani Polo (PP) assumiu, na manhã desta segunda-feira (03), a presidência da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Polo substituiu no cargo Luís Augusto Lara (PTB).

“O campo me ensinou que precisamos fazer da melhor maneira possível aquilo que está ao nosso alcance. E é nesse trabalho sério e realista que queremos aprimorar ainda mais o vínculo da Assembleia com a sociedade gaúcha”, declarou o novo presidente da Casa durante a solenidade de posse.

“A Assembleia tem um dever para com a realidade da nossa cultura, para com a verdade dos números e para com as possibilidades do cofre. Só pode mudar a realidade quem a conhece. Não se trata de pessimismo. Pelo contrário, é questão de colocar a mão na massa. Por isso, escolhemos como tema central da nossa gestão o estímulo à competitividade”, prosseguiu.

Natural de Ijuí, Polo foi criado no município vizinho de Santo Augusto, na Região Noroeste do RS. Filho de Alvorindo e Iracer, aprendeu com o pai as lidas do campo na pequena propriedade rural da família ao lado dos irmãos Ângela, Andréia e Flávio. Posteriormente, tornou-se técnico em contabilidade e se formou em Direito pela Ulbra. Casado com Alessandra Polo, o parlamentar é pai de Maria Eduarda e Eduardo.

O interesse pela política surgiu em casa. O seu pai foi prefeito de Santo Augusto por duas vezes e a sua mãe, vice-prefeita da cidade.

Lara

“Poucas vezes se cobrou tanto da Assembleia Legislativa, e a AL soube responder com uma economia histórica de 148,9 milhões, resultado do compromisso de cada um dos parlamentares”, declarou Lara ao deixar a presidência do Legislativo.

“Aprovamos o novo Código Ambiental e a reforma na parte estrutural do Estado. Agora, temos que fazer uma reforma para o desenvolvimento”, destacou o ex-presidente.

Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para 2020

  • Presidente: Ernani Polo (PP)
  • 1º Vice-presidente: Zé Nunes (PT)
  • 2ª Vice-presidente: Franciane Bayer (PSB)
  • 1º Secretário:  Gabriel Souza (MDB)
  • 2º Secretário: Dirceu Franciscon (PTB)
  • 3ª Secretária: Zilá Breitenbach (PSDB)
  • 4º Secretário: Luiz Marenco (PDT)
  • 1º Suplente de Secretário: Issur Koch (PP)
  • 2ª Suplente de Secretária: Fran Somensi (Republicanos)
  • 3º Suplente de Secretário: Paparico Bacchi (PL)
  • 4º Suplente de Secretário: Carlos Búrigo (MDB)

Comentários