Deputados federais derrubam veto de Bolsonaro ao uso obrigatório de máscara nas escolas e no comércio

O projeto que prevê o uso obrigatório de máscara foi aprovado em junho pelo Legislativo. (Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC)

Os deputados federais decidiram nesta quarta-feira (19), em sessão conjunta do Congresso Nacional, derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro a um trecho do projeto que obriga o uso de máscara em escolas, comércio, instituições de ensino, igrejas e templos para evitar a propagação do novo coronavírus.

Por se tratar de sessão conjunta do Congresso, ainda falta a votação por parte dos senadores, prevista para a tarde desta quarta (19). A sessão é feita de forma remota. Se os senadores confirmarem a derrubada, o uso de máscara em comércios e escolas passará a ser obrigatório em todo o País.

O projeto que prevê o uso obrigatório foi aprovado em junho pelo Legislativo. Ao sancionar a lei, em julho, Bolsonaro justificou que o ponto sobre escolas, comércios e igrejas incluía “demais locais fechados em que haja reunião de pessoas”, o que, no entendimento do governo, poderia ser considerado violação de domicílio.

Comentários