Desemprego recorde no País já ultrapassa 12 milhões de brasileiros, diz o IBGE

O desemprego ficou em 11,9% no trimestre encerrado em novembro, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (29) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), por meio da pesquisa Pnad Contínua. Essa taxa é a mais elevada desde o início da série histórica, que começou em 2012. No mesmo trimestre de 2015, o índice havia atingido 9%.

O número de pessoas desocupadas no período de setembro a novembro chegou a 12,1 milhões de pessoas, o maior contingente da série. O aumento em relação ao mesmo trimestre do ano anterior é de 33,1%.

Já a população ocupada foi estimada em 90,2 milhões – uma redução de 2,1% na comparação com o trimestre de setembro a novembro de 2015. Desse total de pessoas empregadas, 34,1 milhões tinham carteira assinada no setor privado. Frente ao ano anterior, o recuo foi de 3,7%. Já o rendimento médio recebido pelas pessoas ocupadas ficou estável em R$ 2.032, de acordo com a pesquisa.

Comentários