Dez grandes avenidas de Porto Alegre vão receber obras estruturais

Já estão em execução obras em vias como a Protásio Alves
Foto: Joel Vargas/PMPA

A Prefeitura de Porto Alegre dá prosseguimento ao processo de requalificação estrutural de importantes vias da Capital. Nesta etapa, chamada de lotes 3 e 4, estão incluídos pelo menos dez trechos de grandes avenidas como a Bernardino Silveira Pastoriza, João Antônio de Oliveira Remião, Assis Brasil e Sertório em um investimento que chegará a R$ 51,4 milhões em recuperação estrutural e funcional envolvendo 33,2 quilômetros.

Em janeiro, começaram as obras dos lotes 1 e 2. A escolha dos pontos que passam pelas intervenções foi realizada a partir de um diagnóstico inédito feito pela DGCVU (Diretoria-Geral de Conservação de Vias Urbanas), que apontou que 80% das vias de Porto Alegre estão com a malha viária vencida.

Serão contemplados trechos das avenidas Cristóvão Colombo, Benjamin Constant, Assis Brasil, Sertório e ruas Bernardino Silveira Pastoriza, rua dos Maias e das estradas Belém Velho, João de Oliveira Remião, João Antônio da Silveira e São Francisco em trabalhos de recuperação estrutural.

Já as obras de recuperação funcional terão intervenções em trechos das ruas Vasco da Gama, Irmão José Otão, Santo Antônio, General Câmara, João Amorim de Albuquerque, Eudoro Berlink, Quintino Bocaiúva, Coronel Bordini e Praça Marechal Deodoro.

As obras dos lotes de recuperação estrutural têm investimento previsto de cerca de R$ 44,6 milhões. Para a execução do lote 2 da recuperação funcional, é orçado o valor de R$ 6,8 milhões. Ambos os recursos são oriundos do Banco do Brasil.

O investimento em requalificação estrutural, que prevê a recuperação das camadas mais profundas do pavimento recompondo toda a superfície de asfalto nas vias, é inédito. “É a primeira vez que Porto Alegre terá a pavimentação de suas ruas totalmente recuperada”, afirma o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen.

Os serviços a serem executados incluem ainda a restauração e a criação de novas rampas de acessibilidade, colocação de placas de concreto em paradas de ônibus e melhorias na sinalização definitiva e nas redes de drenagem.

Licitação

Nesta terça-feira (11) foi publicado no Diário Oficial de Porto Alegre a abertura da licitação para contratar empresa ou consórcio responsável pela recuperação de pavimento de ruas contempladas nas obras dos lotes 3 e 4 de recuperação estrutural e do lote 2 de recuperação funcional do Plano de Requalificação de Vias.

O recebimento dos envelopes e a abertura da habilitação ocorrem respectivamente em 16, 17 e 18 de março, na Superintendência de Licitações e Contratos (rua Siqueira Campos, 1300, 3º andar, sala 301). No total, serão 27,5 km de vias de recuperação estrutural e 5,7 km de recuperação funcional.

Em janeiro, o Município iniciou as obras dos lotes 1 e 2 de recuperação estrutural, com duração prevista de um ano e valor de R$ 23 milhões. Já estão em execução as intervenções em trechos das avenidas Bento Gonçalves, Nilo Peçanha e Protásio Alves. No total, estão previstos R$ 116 milhões para recuperação estrutural nos próximos 18 meses e investimento em 32 trechos de ruas (76 quilômetros).

Comentários