Dona de casa é a ocupação mais comum entre as candidatas que disputam as eleições municipais deste ano no País

A ocupação mais comum entre as candidatas que disputam as eleições municipais deste ano no País é a de dona de casa, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Das mais de 156 mil mulheres concorrendo a cargos eletivos em 2016, 23,9 mil se declaram como donas de casa nos registros do tribunal, o que representa 15,3% do total.

A segunda ocupação mais comum é a de servidora pública municipal, com 6,7% do total de candidatas. Ela é seguida pelas profissões de agricultora (4,9%), professora de ensino fundamental (4,7%), comerciante (4,6%) e aposentada (3,4%). Quase 30 mil candidatas – ou 19,1% – não determinam suas ocupações nos registros do TSE, constando apenas como “outros”.

Entre os mais de 490 mil candidatos espalhados pelo País, a profissão mais comum é a de agricultor – 7% do total. Em seguida, aparecem os servidores públicos municipais e os comerciantes.

Comentários