Drone que sobrevoou Beira-Rio é apreendido em Arvorezinha

Drone sobrevoou o estádio Beira-Rio no momento do jogo entre Inter e Cruzeiro. (Foto: Reprodução)

Policiais da 20ª DP (Delegacia de Polícia) de Porto Alegre cumpriram três mandados de busca e apreensão em Porto Alegre e Arvorezinha, onde foi apreendido o drone (aeronave não-tripulada), que sobrevoou o estádio Beira-Rio no dia do jogo entre Inter e Cruzeiro, válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

As diligências são resultado de investigação conjunta entre a Polícia Civil e o Ministério Público Estadual, por intermédio da Promotoria do Torcedor, que buscam esclarecimentos nos autos de inquérito policial acerca do manejo indevido da referida aeronave no estádio, que pode ter dado causa a atos de violência após a partida citada.

Segundo o delegado Tiago Baldin, foi identificado o operador do drone, sendo ouvido nas dependências da 20ª DP, relatando ter sido convidado por um amigo seu devido ao seu conhecimento prévio na operacionalidade do equipamento. Também está sendo investigada a participação de torcedores nos atos de violência que resultaram na depredação de residência nas proximidades do estádio.

Conforme manifestação do promotor de Justiça Márcio Emílio Lemes Bressani, as identidades dos envolvidos são mantidas em sigilo em razão da repercussão ampla e negativa dos fatos, com a finalidade de aplicação das medidas legais pertinentes aos responsáveis sem a propagação de novos atos de violência decorrentes destas. Em ambos os casos, o Sport Club Internacional vem colaborando com a identificação dos envolvidos.

(Polícia Civil e MP-RS)

Comentários

847 Comentários