Duas mil pessoas seguem fora de casa em Alegrete devido à cheia

Exército está ajudando os moradores atingidos pela água. (Foto: Prefeitura de Alegrete)

Cerca de 2 mil pessoas seguem fora de casa devido à cheia do rio Ibiraputiã em Alegrete, na Fronteira Oeste do Estado. O nível das águas começou a baixar após chegar a 11 metros acima do normal. Mais de 200 pessoas estão trabalhando voluntariamente no auxílio às pessoas que estão desabrigadas. Dos atingidos, 500 pessoas estão desabrigadas, ou seja, estão em locais destinados pelo município. Outras e 1,6 mil estão desalojadas e buscaram ajuda na casa de familiares, amigos, igrejas ou optaram por ficar em barracas.

A Defesa Civil do município  conta com oito caminhões e dez carros utilitários da prefeitura, dez caminhões das Unidades do Exército e duas embarcações para ajudar as vítimas. Os bairros mais afetados são: Macedo, Vila Nova, Santo Antônio, Vila Isabel, Canudos, Promorar, Ibirapuitã, Medianeira e São João.  A cidade de São Borja, na mesma região, já decretou de emergência por causa da cheia.

The post Duas mil pessoas seguem fora de casa em Alegrete devido à cheia appeared first on O Sul.

Comentários

Comentários

61 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.