e-Título passa a ter foto do eleitor e pode ser usado como documento oficial para votar

O aplicativo foi desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral. (Foto: Divulgação)

O e-Título, aplicativo desenvolvido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que consiste na via digital do título eleitoral, passou recentemente por novas atualizações.

A principal alteração é que o app passou a mostrar a foto do eleitor, permitindo que o cidadão apresente apenas o seu perfil no aplicativo para ingressar na seção eleitoral e votar. Tal funcionalidade está disponível somente para quem realizou o cadastramento biométrico.

O aplicativo pode ser baixado nas lojas on-line Google Play e App Store. Atualmente, mais de 2 milhões de eleitores já baixaram o e-Título. O documento digital exige a resposta do eleitor a uma série de perguntas. Apenas as pessoas que responderem com sucesso a esse desafio poderão usar o aplicativo e suas funcionalidades.

O e-Título também informa o endereço do local de votação e fornece informações sobre a situação eleitoral.

Justificativa de ausência

Os eleitores que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia da eleição poderão utilizar o e-Título para justificar a sua ausência, por meio da geolocalização do aplicativo. Essa funcionalidade estará disponível somente no dia do pleito, das 7h às 17h.

Comentários