Eduardo Leite assina nesta sexta contrato com BNDES sobre privatização da CEEE


Governador Eduardo Leite no encontro ocorrido no Palácio Piratini. (Foto: O Sul)

O governador Eduardo Leite e o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, assinam, nesta sexta-feira (16), o contrato de estruturação para a modelagem de privatização da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT).

De acordo com o contrato, que será assinado no Palácio do Piratini, o BNDES executará estudos técnicos e contratará os serviços necessários para proceder a venda da estatal. Os serviços serão feito em parceria com equipes do Estado. A medida é decorrente de acordo de cooperação técnica entre o Estado e o banco público firmado em maio, em Gramado, para apoio a projetos de privatização, parcerias público-privadas e concessões.

Gustavo Montezano aproveitará a data para fazer uma vistoria nas obras de duplicação da ERS-118, na Região Metropolitana, juntamente com os secretários da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, e de Parcerias Estratégicas, Bruno Vanuzzi. A duplicação da ERS-118 foi retomada no dia 24 de junho, após o Estado anunciar a liberação de R$ 131 milhões. Os recursos serão financiados pelo BNDES. Cerca de 70% da obra já está concluída.

O trecho em obras compreende 21,5 quilômetros do entroncamento com a BR-116, em Sapucaia do Sul, ao acesso à freeway (BR-290), em Gravataí, e tem previsão de conclusão em dezembro de 2020.

Locais das vistorias:
– 1ª parada: sob o viaduto da Dorival Cândido Luz de Oliveira, em Gravataí;
– 2ª parada: ponte sobre o arroio Sapucaia, em Sapucaia do Sul;
– 3ª parada: viaduto sobre a avenida Theodomiro Porto da Fonseca, em Sapucaia do Sul.

Comentários