Eike Batista está nos EUA a trabalho e negocia volta ao Brasil, diz PF

O empresário Eike Batista está combinando com a PF (Polícia Federal) e o MPF (Ministério Público Federal), através de seu advogado Fernando Martins, seu retorno ao Brasil. Ele teve a prisão preventiva decretada e foi alvo de uma busca durante Operação Eficiência, na manhã desta quinta-feira (26).

Segundo o Ministério Público Federal, ele pagou propina para uma organização criminosa chefiada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral. Outros oito acusados, incluindo Cabral, tiveram a prisão decretada.

Eike Batista não foi encontrado em sua casa, no Jardim Botânico, porque está nem Nova York (EUA) a trabalho. Segundo seu advogado, “tem interesse em voltar o mais rápido possível”.

Martins contou que falou algumas vezes com Eike nesta quinta-feira (26) e que o empresário não esperava ser alvo da operação. “Ele está surpreso em função de tudo que aconteceu de uma hora para outra, mas não está nervoso, está tranquilo”, afirmou o advogado.

Comentários