Emplacamento de veículos no Rio Grande do Sul fica mais fácil e rápido a partir desta segunda

O proprietário deve se certificar da correta colocação do dispositivo. (Foto: Divulgação/Detran-RS)

A partir desta segunda-feira (21), donos de veículos economizarão tempo ao fazer o primeiro emplacamento ou substituição no Rio Grande do Sul. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) simplificou o processo, agora sem necessidade de retorno ao Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA) para colocar o dispositivo, finalizando o procedimento na Estampadora de Placa de Identificação Veicular (EPIV).

Até então, após ir à unidade fazer a vistoria, o proprietário deveria levar a autorização para fabricação da placa na EPIV e retornar ao CRVA para colocar a placa e inserir a informação no sistema e encerrar o processo. Com a adoção da placa Mercosul, que não tem lacre, e o credenciamento das EPIVs pelo Detran, essa etapa se tornou desnecessária. O proprietário deverá entregar as placas e lacres antigos para a EPIV, que as inutilizará, e certificar-se de que as novas placas sejam colocadas corretamente no veículo autorizado pelo CRVA. A fixação da placa no veículo pode ser realizada por um terceiro, inclusive a própria EPIV.

Alerta

Quem pagou boletos de licenciamento de veículo em agências lotéricas pode enfrentar problemas na regularização devido uma instabilidade no sistema informatizado da Caixa, as consultas por placa e Renavam não estão retornando com informações referentes às multas de trânsito exigíveis, mas apenas com valores relativos à taxa do Detran-RS, IPVA e seguro DPVAT. O problema pode ter afetado pagamentos realizados a partir do início de setembro.

Como o sistema está deixando de relacionar eventuais multas de trânsito vencidas, sem saber que as possui, o cidadão pode ter a falsa sensação de ter quitado todos os débitos para o licenciamento do seu veículo, já que solicitou ao atendente o pagamento do valor total. Mas somente será considerado licenciado o veículo que não possuir nenhuma pendência junto ao Detran-RS, o que inclui a quitação das multas vencidas.

Não há previsão de prazo para a correção do sistema pela Caixa, por isso, o Detran alerta todos os proprietários de veículos para que consultem no site www.detran.rs.gov.br (página “Consulta Veículo”) se existe alguma pendência para a efetivação do licenciamento e emissão do certificado anual (CRLV). Basta informar a placa e o Renavam.

A Caixa continua recebendo pagamento de multas, porém, apenas por meio de guia de arrecadação com código de barras (GAD-M), que pode ser impressa no site do Detran-RS, menu Infrações/Multas (Emissão de notificações e de guias para pagamento).

Até que seja resolvido o problema de sistema nas lotéricas, quem possui multas vencidas e não tiver em mãos a guia de arrecadação deve providenciar a quitação dos débitos de seu veículo em qualquer um dos outros bancos conveniados ao Detran: Banrisul, Banco do Brasil (para correntistas; não correntistas, nos Correios), Bradesco, Sicredi e Santander.

Comentários