Empresária é presa por venda irregular de medicamentos

Dona de farmácia  responderá pela prática de crime contra saúde pública. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A proprietária de uma farmácia localizada no bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, foi presa em flagrante nesta quarta-feira (16), por policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor, Saúde Pública e Propriedade Imaterial, em conjunto com o Conselho Regional de Farmácia. Foram apreendidos medicamentos sem indicação de procedência, e produtos à venda com prazo de validade vencido.

Segundo o diretor de investigações do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), delegado Sander Cajal, a venda desses medicamentos sem prescrição médica põe em risco a saúde e a vida desses consumidores, em especial, a utilização de remédios controlados (como antibióticos), cuja venda é legalmente vinculada à retenção do receituário médico.

De acordo com o delegado Rafael Liedtke, a presa não apresentou qualquer documento comprobatório da licitude dos medicamentos, diversos deles inclusive de venda estritamente controlada. A proprietária responderá pela prática de crime contra saúde pública. Ela foi encaminhada ao sistema carcerário.

Comentários

Comentários

13 Comentários

Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.