Estados Unidos retiram o Brasil da lista de países em desenvolvimento

Governo de Donald Trump afirma que a decisão leva em conta “fatores econômicos, comerciais e outros”
Foto: Reprodução

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos publicou uma nota na segunda-feira (10) informando que retirou o Brasil da lista de países em desenvolvimento, o que pode restringir benefícios comerciais concedidos às nações que estão nessa categoria.

Além do Brasil, mais 18 países como África do Sul, Índia, Argentina e Colômbia, também foram retirados dessa lista. Os benefícios concedidos ao países que permanecem na lista são, por exemplo, prazos mais longos para negociar, vantagens tarifárias e de acesso a mercados.

A medida também diminuirá as barreiras para que o presidente dos EUA, Donald Trump, investigue, por exemplo, casos de exportações subsidiadas em outros países.

Em nota, o governo dos EUA afirma que a decisão leva em conta “fatores econômicos, comerciais e outros, como o nível de desenvolvimento de um país e a participação de um país no comércio mundial”. Além disso, o Departamento de Comércio ressaltou que a decisão foi motivada por pedidos de adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Comentários