Excesso de velocidade e faróis desligados durante o dia lideram as multas aplicadas nas estradas federais brasileiras em 2016

Excesso de velocidade e faróis desligados durante o dia nas rodovias dominaram a lista de infrações de trânsito registradas em 2016 no Renainf (Registro Nacional de Infrações de Trânsito), segundo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

O sistema inclui as multas aplicadas em estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal, ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), além daquelas cometidas fora do Estado de origem do veículo, em estradas ou nas cidades.

Número de multas sobe 18%

O Renainf computou 19,3 milhões de infrações no ano passado, 18% a mais do que em 2015. A frota de veículos no Brasil em 2016 cresceu 3,6%, conforme o Denatran. O número de multas por excesso de velocidade subiu 22% no ano passado, somando 14,6 milhões ou 76% do total de infrações registradas no Renainf.

As multas por farol desligado dispararam por causa da exigência de usar as luzes também durante o dia nas rodovias. A terceira infração mais frequente foi o não uso do cinto de segurança.

Comentários