Fabrício Queiroz e outros ex-assessores de Flávio Bolsonaro são alvo de operação no Rio


Desde que a suposta “rachadinha” na Assembleia do RJ foi revelada, Queiroz teve raras aparições públicas
(Foto: Reprodução de TV)

Ex-assessores do senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), entre eles Fabrício Queiroz, foram alvo de mandados de buscas e apreensão na manhã desta quarta-feira (18), no Rio de Janeiro, em uma operação coordenada pelo Ministério Público do Estado.

Também são investigados parentes de Ana Cristina Siqueira Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro (sem partido-RJ). As medidas fazem parte da apuração da suspeita de que havia “rachadinha” no gabinete do parlamentar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, onde ele foi deputado estadual por quatro mandatos.

A prática consiste em coagir servidores a devolver parte do salário para os deputados. Estão sendo investigados crimes de peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa.

Queiroz é pivô de uma investigação que tem como alvo Flávio Bolsonaro e outras 101 pessoas físicas e jurídicas, que tiveram os sigilos bancário e fiscal quebrados.

Comentários