Farsul manifesta posição frente aos argumentos de Eliseu Padilha durante reunião almoço na entidade

Eliseu Padilha e Carlos Sperotto. Foto: Jackson Ciceri/O SUL

A carta, assinada pela Farsul, encabeça a opinião da entidade frente ao seu apoio a algumas medidas governamentais, pppedindo ainda atenção a temas ligados ao agronegócio.

A carta, assinada pela Farsul, encabeça a opinião da entidade frente ao seu apoio a algumas medidas governamentais, pedindo ainda atenção a temas ligados ao agronegócio.

Em resposta à explanação do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha,  em reunião almoço na Farsul nesta sexta-feira (28), o presidente da entidade, Carlos Sperotto,  posicionou em carta endereçada ao ministro a posição da Federação de “apoio ao Governo Federal às reformas que estão sendo implantadas , como a PEC 214 e as reformas da Previdência, Trabalhista, Política e Tributária…”. Na continuidade, a Farsul também solicita total dedicação por parte do Governo Federal “aos problemas que estamos enfrentado com infraestrutura, o que torna nossos custos de produção e de transporte de grãos um dos mais caros do mundo…”.

Comentários

Comentários

816 Comentários