Fernando de Noronha vai permitir acesso de turistas que já tiveram o novo coronavírus

Até o momento, Fernando de Noronha registrou apenas 93 casos do novo coronavírus. (Foto: Reprodução)

Um dos pontos turísticos mais procurados do Brasil, Fernando de Noronha vai retomar as atividades nesta terça-feira (1°). Neste momento, o ingresso só será permitido a visitantes que já foram contaminados pelo novo coronavírus. A ilha, que pertence ao estado de Pernambuco, está há cinco meses sem receber viajantes.

O anúncio foi feito no site oficial de Fernando de Noronha. A nota informa que a retomada do turismo será feita por etapas, para evitar uma nova onda de contágios. Para ingressar, o turista terá que comprovar que já teve a doença anexando, no site do arquipélago, um exame com o diagnóstico da Covid-19. O documento deve ser enviado junto com o comprovante de pagamento da Taxa de Preservação Ambiental.

De acordo com o governo de Pernambuco, serão aceitos dois tipos de exames: o IgG positivo (sorológico), pelos métodos de quimioluminescência, eletroquimioluminescência ou Elisa imunoensaio, realizado com menos de 90 dias da data do embarque, e o RT-PCR positivo, feito pelo nariz e pela garganta, realizado com mais de 20 dias da data do embarque. Testes rápidos para o novo coronavírus não serão aceitos.

Até o momento, Fernando de Noronha registrou apenas 93 casos de coronavírus. A ilha foi fechada para turistas no dia 21 de março. No dia 5 de abril, moradores que estavam no continente não puderam mais entrar. O retorno desses moradores somente foi permitido a partir do dia 13 de junho.

Comentários